Você sabia que pode criar um hábito se você tiver se comprometido com ele durante os primeiros 21 dias?

De acordo com esse artigo, isso não necessariamente é uma teoria científica, mas uma prática milenar que funciona e é muito aplicada por pessoas que estão em processo de desenvolvimento pessoal.

Segundo o texto:

“a teoria cognitiva comportamental da Psicologia diz-nos que somos feitos de nossos comportamentos e hábitos, e estes reforçam a forma como nossas crenças e valores pessoais nos descrevem.”

As práticas conscientes de consumo são questões de hábito e, quanto mais a gente pratica, mais quer praticar. A comunidade colaborativa é uma realidade e, além disso, as próximas gerações e o Planeta Terra agradecem.

Se você repetir uma prática todos os dias com entusiasmo e motivação, em 21 dias já estará habituado e fará com bastante facilidade pelo resto da vida.

O hábito que queremos incentivar é o de pensar de maneira mais consciente no que se refere ao consumo. Por isso, comece o dia tendo em mente que você está nesse processo, escolha uma das 21 práticas listadas abaixo e faça durante o dia para treinar sua mente a ser ou intensificar seu consumo consciente:

separe o lixo

1. Separe o lixo orgânico e seco: deixe um cesto para cada. Para o lixo orgânico é melhor usar um cesto menor e para o lixo seco pode ser usado um maior. Para facilitar o hábito, rotule os cestos. Procure sempre lavar os materiais recicláveis antes de descartar;

cadastro

2. Faça seu cadastro no Alooga e anuncie os objetivos que você não usa com frequência;

pensando

3. Todas as vezes que você for comprar algo, pense nos motivos pelos quais você está fazendo isso. Se não houver realmente necessidade, pense nas suas reais motivações e como você pode satisfazer a necessidade por trás de forma mais saudável e sustentável;

sustentabilidade

4. Pesquise sobre as práticas de responsabilidade social das empresas que atualmente você é cliente. Valorize as que são sustentáveis e mude de produto ou serviço para uma empresa que se preocupa com seus funcionários, sociedade e meio ambiente;

bicicleta

5. Deixe de usar o carro sempre que possível, opte por ir a pé, de bicicleta, carona ou transporte público. Se ir de carro for inevitável, ofereça carona em redes sociais próprias para isso;

trocar lâmpada

6. Troque todas as lâmpadas da sua casa que forem incandescentes para fluorescentes ou de Led, já que elas duram, respectivamente, 10 e 25 vezes mais;

sacolas

7. Leve sacolas retornáveis para todos os lugares onde for, para diminuir o consumo de sacolas de plástico;

impressora

8. Pense antes de imprimir qualquer coisa. Hoje os dispositivos estão muito acessíveis e podem ser usados tranquilamente para ler. Imprima apenas se for necessário;

desligar

9. Desligue os equipamentos eletrônicos da tomada sempre que não tiver usando. Além de economizar cerca de 15% na conta de luz, ainda vai diminuir o uso de recursos naturais sem necessidade;

torneira

10. Feche a torneira enquanto escova os dentes, faz a barba, se ensaboa no banho ou lava a louça;

sem carne

11. Faça parte do movimento Segunda Sem Carne e procure diminuir o consumo nos outros dias da semana – além de fazer bem para seu corpo, colabora com o meio ambiente, pois a produção de carne é prejudicial para o meio ambiente;

goku geladeira

12. Organize suas refeições, compre e processe alimentos na quantidade exata para não deixar estragar;

consertar

13. Conserte equipamentos e objetos que estão defeito ao invés de descartar, evitando, assim, a utilização de novos recursos naturais;

deserto

14. Cuide dos vazamentos de água, pois algumas gotas podem ser litros no fim do mês;

vegetais

15. Valorize produtos e produtores locais, pequenos comerciantes e produtos orgânicos;

televisao

16. Diminua o tempo em frente à televisão. Além de poder usar o tempo para coisas mais produtivas, você evitará de ser impactado por comerciais que vendem “felicidade instantânea”. Ao invés disso, procure atividades que realmente te preencham;

shopping

17. Procure não se deslumbrar com embalagens e brindes. Caso você precise realmente adquirir um produto, busque o mínimo de embalagens possível e evite produtos que você não precisa, como no caso de brindes;

gripe

18. Evite ar condicionado: além de você sentir o calor ainda maior fora do ambiente com ar condicionado e ficar mais propício a adoecer, você vai economizar energia e recursos naturais;

escada

19. Vá de escada: se você estiver nos primeiros andares, suba e desça preferencialmente de escada. Se estiver em andares mais altos, desça sempre que possível;

20. Pergunte a outras pessoas, faça pesquisa na internet, estude possibilidades e conheça novas formas de adquirir esses hábitos;

21. Inspire as pessoas ao seu redor: comente sobre suas experiências, os resultados e suas conclusões sobre esses hábitos.

Lembre-se que os itens acima são todos práticas do consumo responsável e que o ideal é faze-los sempre. No entanto, sabemos que uma grande mudança precisa começar aos poucos e de algum lugar.

O artigo citado explica com mais detalhes como criar novos hábitos, vale a pena ler.

Esperamos que você tenha sucesso nessa jornada. Comente abaixo o que achou!